Observatório Social

O termo “Observatório Social” designa um movimento pela transparência na administração pública que tomou corpo a partir de uma Convenção das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná, realizada em 2005, na cidade de Maringá.

A partir desta reunião, foi criado em 2006 o Observatório Social de Maringá e na sequência o Observatório Social do Brasil – OSB, órgão que orienta e controla todos os demais Observatórios do Brasil através da Rede de Controle Social.

 

Além da preocupação com a correta aplicação dos recursos públicos e a transparência, os Observatórios Sociais desenvolvem programas de educação fiscal dirigidos ao cidadão para conscientizá-lo dos seus deveres e direitos, estimulá-lo a praticar o voluntariado e prevenir a corrupção. Algumas características fundamentais dos Observatórios Sociais é que são entidades criadas a partir dos anseios da sociedade civil, mantidas sem quaisquer recursos públicos e constituídas por dirigentes e voluntários sem vínculo político-partidário.

 

Atualmente estão em atividade, Observatórios Sociais em mais de 144 municípios, divididos em mais de treze estados e no Distrito Federal. Em Santa Catarina estão em funcionamento mais de 27 Observatórios e também o primeiro Observatório Estadual. 

 

A rede OSB está em franca expansão e periodicamente surgem novos observatórios sociais por todo o Brasil.

 

Mantenedores

ObservatórioSocial de Indaial

O Observatório Social de Indaial é uma organização não governamental, apartidária, sem fins lucrativos, que de forma colaborativa visa acompanhar agestão dos gastos públicos.

Rua: Vereador Alwin Rauh Junior, 100
CEP: 89.082.065
Telefone: 47 3019 3877
E-mail: [email protected]